Emicida

Após duas mixtapes, dois EPs, dois álbuns de estúdio e um DVD ao vivo, em 2019, Emicida lançou o projeto de estúdio AmarElo. Usando o rap como fio condutor, ele somou o clássico ao moderno em uma incursão que ousa chamar de neo-samba, também responsável por elevá-lo ao mesmo patamar dos grandes mestres.

Ouça: